No coração e na memória. Para sempre.

A Cecília deixou-nos, no passado domingo.

Fotografia: Isabel G.

Tenho a certeza de que há por aí pessoas que quando virem a fotografia acima não deixarão certamente de sorrir. Ou hoje, e infelizmente deitar uma lágrima. A Cecília deixou-nos, no passado domingo.

"Aposto que se lembra das tranças, dos pastéis de nata, das bolas de berlim e de tantos outros bolos que terá comido em muitos verões na Baía de São Martinho do Porto." Contaram-me que, noutros tempos, a Cecília trazia uma caixa branca à cabeça. Mas, com o peso dos anos e o trabalho intenso diário, fez com que aparecesse com um carrinho.

Tenho por hábito de frequentar a baía, desde pequeno. Contudo, não é o sabor da bola de berlim que guardo em mim. "É a roupa branca da Cecília e as crianças a correr para o carro, que me estão na memória. É o ar paciente, quando puxava os tabuleiros e mostrava os bolos às crianças."

Penso que, a partir do passado domingo ficou no meu coração. Ou melhor, no coração de tantos que por aquela baía deambulam durante o verão.

Até sempre.


Fonte citada: Isabel G., in http://misspearls.blogspot.com

insira o seu e-mail e recebe as melhores experiências

[newsletter]