“Caminho dos Monges”: a ligação ecológica que irá unir Alcobaça e Nazaré

Para além da valorização ambiental e paisagística, através da recuperação ambiental, limpeza e desobstrução do rio, o projeto visa a construção de uma via, que ficará paralela ao rio.

Fotografia: Miguel Gabriel

Os Municípios da Alcobaça e Nazaré apresentaram, no dia 30 de junho, o projeto conjunto de Mobilidade Suave ao longo do Rio Alcoa, numa cerimónia que decorreu nas Termas da Piedade, e que contou com a presença de vários convidados.

Este projeto visa a Recuperação Ambiental e Mobilidade Suave no Rio Alcoa. Os dois concelhos ficarão ligadas por uma via de circulação amiga do ambiente, numa extensão de 12 kms, a criar do lado direito da margem do Rio, que ficará equipada com ciclovia, passeio pedonal e uma via para o transporte elétrico de passageiros.

O percurso a construir, que passará por território das freguesias União Alcobaça e Vestiaria, Maiorga, Bárrio (concelho de Alcobaça), Valado dos Frades e Famalicão (Nazaré), visa promover a mobilidade suave multimodal, com o atrativo da paisagem rural, a utilização de formas de energia menos poluentes e mais amigas do ambiente e servir de alternativa à estrada nacional.

Para além da valorização ambiental e paisagística, através da recuperação ambiental, limpeza e desobstrução do rio, o projeto visa a construção de uma via, que ficará paralela ao rio.

insira o seu e-mail e recebe as melhores experiências

[newsletter]