Perdidos no Tempo: o legado patrimonial de Joaquim Vieira Natividade



Joaquim Vieira Natividade, engenheiro agrónomo e engenheiro silvicultor, elegeu a Mata Nacional do Vimeiro para os seus trabalhos de investigação, desenvolvendo a Estação Experimental do Sobreiro, entre 1930 e 1950. Um dos tesouros desta mata reside nas cerca de 80 subespécies de sobreiro, oriundas de várias partes do mundo, plantadas há cerca de meio século pelo engenheiro agrónomo.

A nossa equipa, visitou a zona dos antigos viveiros. No local eram criadas diversas espécies florestais que depois eram exportadas inclusivamente para os países do norte da Europa. Sob orientação de Joaquim Natividade, os viveiros acabaram por funcionar como um dos mais importantes "laboratórios de investigação" de sobreiros a nível mundial. O local, que servia na altura para investigação está, atualmente ao abandono, mas os sobreiros, ainda que persistem no tempo, continuarão a pertencer ao legado patrimonial, que o Engenheiro Joaquim Vieira Natividade, nos deixou.






 

 

insira o seu e-mail e recebe as melhores experiências

[newsletter]